Rádio Bandeirantes Imbituba - A difusora dos nossos corações!

X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Santa Catarina tem dia de manifestações pela prisão do ex-presidente Lula

Lula terá o pedido de habeas corpus julgado

Por: Gabriela David - Dia: - Em: Notícias

Santa Catarina tem dia de manifestações pela prisão do ex-presidente Lula
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Manifestações em defesa das prisões para condenados em segunda instância e contra o ex-presidente Lula ocorrem em algumas das principais cidades de Santa Catarina desde o fim da tarde desta terça-feira. Lula terá o pedido de habeas corpus julgado nesta quarta pelo Supremo Tribunal Federal.

As mobilizações foram convocadas por grupos como o Vem Pra Rua e o Movimento Brasil Livre (MBL).

Em Florianópolis, a concentração ocorre no trapiche da avenida Beira-mar Norte, com previsão de marcha até a sede da Justiça Federal. Bandeiras do Brasil, cartazes contra o ex-presidente e em contestação ao STF foram estendidos nos protestos. 

 

—Não é só pelo Lula, que é um bandido e deve ser preso. É pela prisão em segunda instância. O fim da prisão em segunda instância representa a impunidade no nosso país — destacou pelas redes sociais o líder do MBL Florianópolis, Ramiro Zinder.

 

Em Joinville, o ato teve a Praça da Bandeira, no Centro da cidade, como ponto de encontro. Os manifestantes fizeram o uso de um carro de som e seguiram em passeata até o fórum. 

Em Criciúma, as manifestações ocorrem na Praça Nereu Ramos, no Centro, com carro de som e gritos em cobrança pela prisão de Lula. 

—Foi um movimento apartidário e sem um organizador só. Foi tudo definido através de conversas entre grupos organizados como o MBL  e o Vem Pra Rua, mas também pessoas sem vínculo nenhum com tais movimentos — afirmou um dos apoiadores da mobilização em Criciúma, Jorge Nagel.

 

Blumenau também teve manifestações, com concentração nos arredores da prefeitura e exibição de imagens em um telão. Atos também se repetiram em cidades como Brusque, Itajaí, Jaraguá do Sul e Chapecó.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: