Rádio Bandeirantes Imbituba - A difusora dos nossos corações!

X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Rodovias estaduais de Santa Catarina têm 134 pontos de bloqueio

Greve dos Caminhoneiros já dura 9 dias

Por: Gabriela David - Dia: - Em: Notícias

Rodovias estaduais de Santa Catarina têm 134 pontos de bloqueio
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Um levantamento feito na manhã desta terça-feira pela Polícia Rodoviária Federal de Santa Catarina apontou que há 68 pontos de bloqueios nas Brs do Estado. Já as rodovias estaduais seguem com 134 pontos de bloqueio, afirma a Secretaria de Estado da Defesa Civil do Estado. 

 


"Conseguimos garantir o abastecimento de combustível para os aeroportos e estamos dialogando com os caminhoneiros para garantir o transporte de ração para animais e todos suprimentos prioritários. Nossa prioridade é manter a ordem pública, deixar o Estado administrável e garantir o funcionamento dos principais serviços públicos", diz o o secretário Rodrigo Moratelli.

 


Em Gravatal, o caminhoneiro Jonas Rodrigues, 32 anos, está no trevo de acesso à cidade  desde o começo da greve e diz que a manifestação deve ser mantida e que a população tem que ser firme. 

 


"Quanto mais pessos aderirem aos manifestos e não desistirem a gente vai mostrar que tem força. Não temos mais condições de viver como vivemos pagando cada vez mais por produtos que usamos no dia a dia sem ter um retorno justo", avalia. 

 


Mas a greve dos caminhoneiros sempre dividiu opinião. Desde que iniciou, há 9 dias, muitos foram favoráveis e outros não. E há também aqueles que eram favoráveis no ínicio e hoje mudaram de opinião.

 


É o caso do Secretário de Agricultura de Braço do Norte, Adir Engel, que está preocupado com o colapso no setor se a greve durar mais alguns dias. Na sua opinião a greve foi primordial, mas já está na hora de acabar.

 


"Estamos perto de uma colapso agrícola. A maior preocupação é com a mortalidade de animais. Os alimentos que chegam para reforçar os nutrientes da ração não são suficicentes. Se continuar assim vamos ter perdas por inanição ou até canibalismo entre os animais", diz em tom de cautela.

 


A greve dos caminhoneiros teve início no dia 21 de maio após a categoria fazer uma série de revindicações. Neste domingo o Governo Federal anunciou um acordo com entidades e na segunda fez uma publicação deste acordo no Diário Oficial da União.

 


Também na segunda, a Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) anunciou o fim da greve, mas ainda há muitos manifestantes nas ruas. 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: