Rádio Bandeirantes Imbituba - A difusora dos nossos corações!

X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

PSB expulsa prefeito de Chapecó por apoiar Bolsonaro

Partido aplicou punição porque Congresso da legenda vetou apoio a candidato do PSL

Por: Gabriela David - Dia: - Em: Notícias

PSB expulsa prefeito de Chapecó por apoiar Bolsonaro
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

O PSB anunciou nesta terça-feira a expulsão sumária do prefeito de Chapecó  Luciano Buligon por apoiar o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro. O partido justificou a punição com uma decisão do Congresso da legenda, realizado em 5 de agosto, vetando qualquer apoio ao presidenciável.

 


"Neste contexto, a decisão do senhor prefeito de Chapecó, Santa Catarina, Luciano Buligon, de apoiar o candidato do Partido Social Liberal consiste em iniciativa que afronta decisão colegiada máxima do PSB, fato que enseja a expulsão sumária. Considerados, portanto, a gravidade da situação que se apresenta e a fidelidade histórica do PSB a seus princípios programáticos e político-ideológicos, que não admite nem mesmo a mais remota proximidade com a extrema-direita, procedo à expulsão do Sr. Luciano Buligon, dos quadros do Partido, ad referendum da Comissão Executiva Nacional", diz nota distribuída pelo presidente do PSB, Carlos Siqueira.

 

 

Até então, Buligon tinha apenas manifestado solidariedade a Bolsonaro no dia 6 de setembro, quando o presidenciável sofreu um atentado em Juiz de Fora (MG). O prefeito, porém, convocou aliados para um evento na noite desta terça-feira no qual anunciaria o apoio ao candidato do PSL. Questionado pela direção do PSB, Buligon confirmou o objetivo do evento. Como diz a nota, o caso ainda será submetido posteriormente à Executiva do PSB.

 


Em nota, Luciano Buligon afirmou que "entre minha cidade e o meu partido, minha decisão será sempre em prol da minha cidade". Ele disse que "as razões para declarar apoio foram norteadas pelo apelo das lideranças comunitárias, cooperativas e entidades empresariais de Chapecó."

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: