Rádio Bandeirantes Imbituba - A difusora dos nossos corações!

X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Desaparecimento de avião intriga a polícia em Três Barras

Aeronave "sumiu" da pista de pousos e decolagens e empresário não pôde retornar à bordo

Por: Gabriela David - Dia: - Em: Notícias

Desaparecimento de avião intriga a polícia em Três Barras
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

A Polícia Civil de Três Barras, no Norte de Santa Catarina, investiga o desaparecimento de um avião de pequeno porte no aeroporto do município nesta quinta-feira (15). A aeronave teria pousado no local às 7h30 da última terça transportando um empresário do Rio Grande do Sul, que ao tentar retornar para o estado vizinho ontem, não encontrou mais o avião na pista.

O caso é tido como inusitado pela Polícia Civil de Canoinhas, que investiga o que aconteceu com o avião - modelo EMB 712 da marca Neiva. Isso porque, o ocupante da aeronave acionou a Polícia Militar, mas segundo a investigação, não registrou boletim de ocorrência e não colaborou com informações sobre o desaparecimento.

O empresário estaria na cidade à negócios e não foi ouvido pela Polícia Civil, porque deixou o município. O delegado Flávio Lima, que está a frente das investigações, diz que mesmo sem o boletim há apuração do que pode ter ocorrido com o avião.

Até o momento as investigações apontam que o homem que relatou o sumiço da aeronave é proprietário de outros aviões. A polícia acredita ainda que o empresário retornou para sua cidade de origem em um segundo avião, que estava pousado em outra cidade nas redondezas de Três Barras.

Nenhuma hipótese para o caso foi levantada até a manhã desta sexta-feira e também nada é descartado para os investigadores. No entanto, eles entraram em contato com a Polícia Federal de Joinville, por precaução e auxílio na investigação, uma vez que a PF tem acesso à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e aos aeroportos brasileiros. A PF informou que vai avaliar o pedido, mas ainda não houve retorno à Polícia Civil de Canoinhas.

Falta de elementos atrapalha investigação

De acordo com o delegado Flávio Lima, o aeroporto de Três Barras não tem câmera de segurança, o que deve dificultar na investigação. Nesse aeroporto não pousam aviões com passageiros, ele existe apenas para fins comerciais e particulares. Vizinhos e funcionários do estabelecimento também foram ouvidos, mas não trouxeram esclarecimento para o desaparecimento do avião. Novas diligências devem ser feitas ao longo do final de semana.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: