Rádio Bandeirantes Imbituba - A difusora dos nossos corações!

X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Denúncia contra Colombo é considerada grave por advogados e correligionários

A simples leitura da íntegra da denúncia remete para os supostos fatos dolosos apontados pelo vice-procurador-geral

Por: Gabriela David - Dia: - Em: Notícias

Denúncia contra Colombo é considerada grave por advogados e correligionários
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

 

Por Moacir Pereira

O governador licenciado Raimundo Colombo (PSD) se declarou aliviado com o teor da denúncia da Procuradoria Geral da República, enquadrando-o em crime eleitoral pelo uso do caixa 2, sem imputar-lhe prática de corrupção. Realmente, saiu do Código Penal para ficar restrito ao Código Eleitoral.

O conteúdo da denúncia assinada pelo vice-procurador-geral, Luciano Mariz Maia, contudo, tem informações e provas que darão muito trabalho ao advogado Beto Vasconcellos para neutralizar as acusações graves contidas na inicial. Elas são consideradas muito pesadas por advogados e até correligionários.

Num primeiro momento, o governador admitiu a existência do caixa 2, quando estourou na sexta-feira a primeira informação sobre a denúncia do Ministério Público Federal. Explicável: como ele mesmo declarou, estava recebendo um atestado sobre a questão da corrupção. Alertado por advogados, negou depois a existência do caixa 2.

Mas caixa 2 não é considerado pela legislação brasileira prática rotineira no Convento das Carmelitas Descalças. Muito ao contrário, levou líderes e parlamentares nacionais do PT às condenações com prisão na roubalheira do Mensalão, junto com dirigentes do PP, PTB e PMDB.

A simples leitura da íntegra da denúncia remete para os supostos fatos dolosos apontados pelo vice-procurador-geral, com pormenores impressionantes como os R$ 9,31 milhões teriam sido transferidos para as duas campanhas eleitorais do governador.

Questão que está para ser respondida: por que os diretores da Odebrecht delataram Raimundo Colombo e seus auxiliares mais próximos, revelando todo os detalhes dos encontros?

Há, além disso, outro inquérito em Brasília instaurado a partir das delações da JBS.

Mudanças

A transição governamental ocorre de forma tranquila, mas com fatos novos e muitas substituições de comissionados. O governador Eduardo Pinho Moreira fixou o 15 de março para que todos os titulares peçam demissão do cargos em comissão. Quem não pedir para sair, será demitido.

Crea: 60 anos

O engenheiro Colombo Salles, o engenheiro agrônomo Glauco Olinger e o técnico agrícola Nelsir Grando serão homenageados durante sessão solene da Assembleia Legislativa em 13 de março, comemorativa dos 60 anos do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia. O engenheiro civil Manoel Cecílio Ribeiro Martins, que detém o registro mais antigo, também merecerá tributo especial.

Curtas

*Senador Paulo Bauer obteve novo aval da bancada estadual do PSDB para candidatura ao governo. Reuniu-se com líderes de outros partidos aliados.

*Em menos de um mês de interinidade, Eduardo Moreira desativou 84 cargos comissionados. Anunciou que vai fechar mais 300.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: